Canal Sleg

[Youtube][grids]

Diário Literário: Voltei!!! Maternidade e Livros


Olá! Hoje é dia 18/09/17, segunda-feira, e, depois de muito tempo distante do blog, estou voltando para contar como andam as minhas leituras e o que tem acontecido por aqui.

Bom, no último post (que pode ser visualizado aqui) eu contei sobre algumas mudanças que estavam ocorrendo na minha vida, entre elas que eu estava esperando um baby!!! Pois é, Cecília nasceu dia 07/08, perfeita, e agora, depois de 40 dias, a vida está começando a entrar nos eixos novamente. Vou ser sincera: tem dias que eu acho que eu vou enlouquecer, mas também há dias mais tranquilos, que me fazem agradecer por ela ser uma coisinha linda e saudável.

E como fica a leitura depois que você se torna mãe? Mãe tem tempo para ler? Sim, estou conseguindo ler um pouquinho, mas sem expectativas e sem estresse. O livro fica ali, à vista, para aqueles momentos da madrugada em que eu poderia estar sofrendo pensando que todo o mundo está dormindo às 3 horas da manhã e eu estou acordada amamentado o bebê. São em momentos como esse que eu aproveito para tentar ler um pouquinho (rsrsrs).
  
E hoje eu quero indicar dois livros que eu li na semana passada e que eu achei excelentes: A Casa de Papel, de Carlos María Domínguez; e Ligeiramente Maliciosos, segundo volume da série Os Bedwyns, de Mary Balogh.

O primeiro é sobre um professor universitário, que recebe um pacote contendo um livro endereçado a uma professora que acaba de falecer. A fim de devolver o livro ao remetente, o professor viaja para a América do Sul e acaba se enveredando por uma história cheia de mistérios e cercada por muitos livros. Na verdade, "A Casa de Papel" fala sobre o comportamento das pessoas que gostam de colecionar objetos, especificamente livros, e sobre o limite entre uma quantidade considerada saudável e o que é considerado loucura. Cada livro traz uma memória para o leitor, seja, por exemplo, porque leu um livro na infancia e esse remete a uma lembrança, seja porque leu determinado livro em algum momento da vida, que traz uma sensação de nostalgia. Isso faz com que o leitor guarde aquele livro que, talvez, provavelmente, nunca mais irá lê-lo, mas que, somado aos outros volumes, forma a própria história do colecionador. "A Casa de Papel" fala sobre como essa coleção toma forma própria e coloca o colecionador em uma armadilha para tentar manter esses livros. Nesse sentido, quem determina o limite de livros a manter? Quais livros guardar, como guardar e por quanto tempo? Além disso, "A Casa de Papel" traz várias referências literárias interessantes para amantes de livros, que nos faz querer mergulhar na história.

E o segundo livro que eu gostaria de comentar é o "Ligeiramente Maliciosos", de Mary Balogh. Esse é o segundo volume da série "Os Bedwyns", mas é o terceiro da autora que eu leio e, embora a Julia Quinn seja referência em romances de época, devo dizer que Mary Balogh está se tornando a minha autora favorita nesse gênero. O livro é sobre o encontro inesperado entre o lorde Rannulf Bedwyn e Judith Law, uma dama sem títulos. Após Judith sofrer um acidente na estrada, aparece o lorde para resgatar a moça e surge toda aquela atração à primeiro vista entre o casal. Entretanto, o dois escondem a verdadeira identidade, vivem um tórrido romance fugaz e, quando são reveladas as verdadeiras identidades, se vêem em uma situação muito embaraçosa. Gosto muito da escrita da autora e indico demais para quem gosta de romances de época.

Estou cheia de projetos de leituras em mente e pretendo vir apresentá-los conforme forem se concretizando. Hoje eu só queria dar um "oi", mas pretendo voltar aqui sempre. Estou me organizando para postar com certa regularidade e conforme eu ler outros livros, irei atualizando o Diário Literário.

E você? Me conta o que tem lido!

Até mais! Fabi

18 Setembro 2017


#DiárioLiterário #Maternidade #Livros #ACasadePapel #CarlosMariaDominguez #LigeiramenteMaliciosos #OsBedwyns #MaryBalogh #EditoraArqueiro
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Um comentário :

  1. Oi Fabi, parabéns pela chegada da Cecília (a mini Fabi). Estava sentindo falta dos seus incentivos e resenhas. Aguardo ansiosamente suas dicas.

    ResponderExcluir


Resenhas

[Resenhas][threecolumns]

Lançamentos de Livros

[Dicas][twocolumns]